Obra no São Francisco diminuiria êxodo rural, prevê relatório*

Paralelo a isso, a maior fartura de água criará condições para a revitalização de projetos de irrigação e a incorporação de novas áreas à pecuária

BRASÍLIA - Embora não seja uma solução definitiva, ajuda muito. Segundo as estimativas contidas no Relatório de Impacto Ambiental (Rima) feito para estudar o projeto de transposição das águas do Rio São Francisco, cerca de 300 mil pessoas deixarão de lado os planos de tentar a vida em centros urbanos. 

Paralelo a isso, a maior fartura de água criará condições para a revitalização de projetos de irrigação e a incorporação de novas áreas à pecuária. 

Segundo as estimativas do governo, na área diretamente beneficiada, serão incorporados cerca de 16 350 hectares de áreas férteis. Numa área mais afastada, de influência indireta, serão beneficiados mais 124 000 hectares.

*22:03 19/09/2000 - Publicado no IG,Vladimir Netto, repórter iG em Brasília (vladimir.netto@ig.com.br) 

 
Velho Chico     Associe-se
 

Rodapé