Discussões Sobre a Saúva

 



Responde: Jorge A. Wiendl [email protected]

Data: Tue, 9 Feb 1999 14:11:27

Tem três soluções boas que eu conheço:

1. Usar um bom formicida

2. Colocar uma bigorna no caminho delas e cada vez que uma passar por cima da bigorna dar-lhe uma boa martelada.. :-))) (desculpe mas não resisti).

3. Destruir o sauveiro e jogar água fervendo em cima dos bichos ...

Jorge A. Wiendl


Responde:Brígida Duarte [email protected]

Data: Tue, 09 Feb 1999 17:04:22

Caros listeiros

Estão todos convidados para sair no bloco 'Tanajura com farinha' neste domingo de Carnaval, na praia de Boa Viagem, Recife. Para dar 'sustança' a turma adivinhem qual iguaria da terra vai ser servida? Como diz o nome : tanajura com farinha de mandioca. Para quem não sabe tanajura é o nome popular para a forma reprodutiva e alada da saúva. Em tempo chuvoso, na boca do sauveiro as pessoas ficam a espreita para pegar as tanajuras antes dos pássaros. É um prato apreciado ou odiado. Sem meio termos. É uma quarta opção para a lista, porém incompatível com a primeira. Já ouvi histórias de crianças intoxicadas com formicidas por comerem tanajuras contaminadas.

Brígida.


Responde: Leonardo Vianna da Costa e Silva" <[email protected]>

Data: Fri, 12 Feb 1999 17:34:24

Edison Soares,

Vou lhe relatar uma interessante experiência que tive em canteiros de brocólis: Preparei os canteiros com bastante húmus e plantei e fiz os transplantes das mudinhas. É de costume em nosso cultivo colocarmos cobertura morta ao longo de todos os canteiros. Mas neste dia só foi possível colocarmos em metade deles. No outro dia para nossa surpresa os canteiros que ficaram descobertos foram atacados pelas saúvas, enquanto que os brócolis com cobertura morta foram deixados intocados, apesar das formigas terem atravessado os canteiros. A partir de então foi fácil. Bastou carregar na mão e colocar bastante cobertura morta (capim seco e folhas).


Ponto de Partida: Leonardo Vianna da Costa e Silva" [email protected]

Data: Thu, 18 Feb 1999 14:24:44

Luciano, o húmus foi peneirado e misturado nos caneteiros, mais ou menos na quantidade de 10L por metro quadrado.Mas, para as formigas, o que valeu foi a cobertura morta, pois o canteiro atacado também tinha húmus.

.



Rede de Agricultura Sustentável
É um serviço de Cristiano Gomes e L&C Soluções Socioambientais.

Siga-nos Twiiter rss Facebook "Whatsapp 88 99700 9062" Google+