Japão vai construir segunda maior central de biomassa do mundo até 2025

Central de produção de eletricidade a biomassa terá um custo de cerca de 90 mil milhões de ienes (710 milhões de euros)

Japão vai construir segunda maior central de biomassa do mundo até 2025
Central de produção de eletricidade a biomassa terá um custo de cerca de 90 mil milhões de ienes (710 milhões de euros)

A empresa de eletricidade eRex vai construir no Japão a segunda maior central de produção de eletricidade a biomassa do mundo até 2025, com uma capacidade de 300 megawatts (MW), informou o diário económico Nikkei. A central terá um custo de cerca de 90 mil milhões de ienes (710 milhões de euros).

A empresa de energia, com sede em Tóquio, encontra-se agora em processo de seleção da localização das instalações da nova central, cuja construção tem data prevista para 2024 ou 2025, de acordo com a mesma publicação.

A fornecedora japonesa de eletricidade acredita que a central vai estabilizar o fornecimento de energia através de fontes alternativas, que no Japão vem principalmente da energia solar, sujeitas às condições climáticas, explicou o diário económico nipónico.

Com uma capacidade de produção de 300 MW, aproximadamente três vezes maior do que a atual instalação de biomassa do Japão, esta nova central da eRex poderá fornecer energia a 700.000 residências.

A central de biomassa de Ironbridge, no Reino Unido, é atualmente a maior do mundo, com capacidade de 740 MW. A central eléctrica na Finlândia é atualmente a segunda maior, com uma capacidade de produção energética de 265 MW.

Fonte: Jornal de Negócios(P) em 17-Ago-2018

Leia Mais: