Respiração edáfica após aplicação de biofertilizantes em cultivo orgânico de milho

Soil respiration following the application of biofertilizers to an organic corn system Silva, Alexandre Paiva. PRODOC-CAPES/PPGMSA/UFPB, [email protected]; SILVEIRA, Joaquim Patrocollo Andrade. PPGMSA/UFPB; SANTOS, Djail. DSER/PPGMSA/UFPB, [email protected]; FRAGA, Vânia da Silva. DSER/PPGMSA/UFPB; SILVA, Éderson. EARTH University, Costa Rica; SOUZA, Jeorge Medeiros; LIMA, Luiz Paulo Ferreira; NASCIMENTO, José Adeilson Medeiros, CCA/UFPB.

Resumo: A respiração do solo é uma determinação bastante sensível e capaz de detectar mais rapidamente as mudanças nos teores de C no solo associadas ao manejo. Biofertilizantes têm um custo relativamente baixo sendo bastante utilizados em sistemas orgânicos como uma opção de substituição de fertilizantes minerais. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da aplicação de biofertilizantes sobre a respiração edáfica em um sistema orgânico de produção de milho verde (Zea mays L.). O experimento foi conduzido em delineamento de blocos ao acaso, num esquema fatorial 2 × 5, com 3 repetições, sendo 2 fontes (Biofertilizantes Puro e Microgeo®) aplicadas em 5 doses (diluições de 0; 2,5; 5,0; 7,5 e 10 %). A elevação das doses dos biofertilizantes aumentou a quantidade de C mineralizado após três dias de incubação. O solo tratado com biofertilizante puro apresentou maior valor de C mineralizado em relação ao solo que recebeu Microgeo®. A quantidade de C mineralizado se correlacionou de forma positiva e significativa com o número de folhas, altura de plantas, teor foliar de K e peso de espigas com e sem palha.

Palavras-chave: Zea mays; biofertilizantes; respiração edáfica; agricultura orgânica

[Banco de Dados]

Orgânico

Nó do Ramo     Associe-se
Próximo Nó

Rodapé