Uma Direção adequada para o Futuro da Agricultura Mundial

 

Germinam as plantas na noite da Terra

Crescem os brotos pela força do ar

Amadurescem os frutos pelo poder do Sol

Assim germina a alma no relicário do coração

Assim cresce o poder do espírito na luz do mundo

Assim amadurece a força do homem no fulgor de Deus

Rudolf Steiner, 1923

É preocupante a junção da degradação ambiental e espiritual com a exploração acentuada dos recursos genéticos, excluindo todo o processo de produção e geração de alimentos de uma harmonização mais profunda com o âmbito das forças, ritmos e planos cósmicos, telúricos e espirituais, o que podemos gerar para dentro da alma da humanidade, para a formação de seus corpos espirituais, para o desenvolvimento sustentável ter bases mais fortes e sólidas de expansão ecológica de seus valores, culturas, a sustentação correta de seus ecossistemas.

Pois o quadro é justamente o oposto, as grandes empresas que detêm o capital e com isso o poder sobre os meios de comunicação edificam uma cultura de imenso consumismo, e isso esfacela as relações do homem com o meio-ambiente e artificializa a cultura moderna, fazendo com que as cidades das décadas atuais sejam confundidas como imensas naves sucateadas espaciais, a vida outrora abundante de pássaros, insetos, rios mais puros e sadios, solos mais vivos, foram levadas pelos ventos, chuvas, poluições, esta direção de estilhaçamento dos chacras da Terra põem em risco o futuro da nossa continuidade neste planeta, o que então podemos realizar, quem sabe os preâmbulos descritos pela Agricultura Biodinâmica - AB sejam o melhor e mais refinado e delicado exemplo e adequada direção de pesquisa científica, que une o abstrato, o imaginável, o inatingível, como se os milagres fossem materializados e pesquisados, onde o maior milagre da criação pode ser pesquisado, experimentado, comprovado, elaborado seus resultados e publicados em modernas revistas científicas, a AB possibilita esta condição de abrirmos nossos olhos espirituais e nossa compreensão de como podemos colocar nosso talento para mantermos a vida sendo mais intensa, mais plena, mais bela, mais criativa, e não sendo sufocada em mecanismos cruéis de exagerado capitalismo global e muito mecânico e reducionista.

As fazendas e propriedades da AB desta forma tornam-se modernos centros e campos vitais, muito mais protegidos de fenômenos deletérios como os que ocorreram com a poluição vinda de Chernobyl, seus solos são muito mais abundantes de uma riquíssima biologia, seus campos possuem uma fauna silvestre que pode relaxar ao Sol, ao vento, sendo banhada por um céu adornado de sorridentes estrelas.

Assim é um passo para criarmos SPAS, clinicas medicinais, centros ocultistas, naves promissoras espaciais, hospitais astrais, esta é a intencionalidade que os grandes mestres necessitam dinamizar por diferentes locais. sempre dizemos, isto é maya, ilusão, luxúria, este paradigma, esta parafernália cheia de diesel, tratores imensos, cigarros, agrotóxicos, agora as sementes transgênicas, os clones industriais, as doenças como a Aids, que imagem esquisita que temos disseminada em todo o mundo, será que todo este dinheiro está limpo com Deus, está correto com o poder superior, está levando aquela família que produz milhões de grãos convencionais para o céu, ora isto é para poucos ... da mesma forma aquela pequena comunidade de artesões, será que ela também está com a bola cheia, só por que utiliza da AB, e se há realmente a necessidade alimentar e voraz da grande humanidade ?

Então este equilíbrio é fundamental, introduzirmos a AB nas grandes produções e organizações, o que ocorre em todo o mundo em uma escala de crescimento de 20 % ao ano, apresentando preços 50 a 100 % maiores que os convencionais, sobretudo com a agricultura orgânica, ocorre que as organizações como a Embrapa, Ibama, MMA, Ministério da Agricultura, os Bancos, o que compreendem de AB, parece que fogem apavorados, talvez percam seus empregos por estarem ficando muito visionários ou místicos, ou se sintam muito ignorantes, ou artificializados, ou entregaram a alma demais para as trilaterais, será que o FMI é contra a AB, não quer ajudar a financiar a salvação planetária mundial ?

Nós os cientistas da qualidade-total, do sonho de um III milênio biodinâmico, nós que somos seres de luz e de uma consciência de muito amor pela vida, não sabemos mais o que fazer, ficamos e estamos apavorados, quem poderá nos compreender, ouvir, somar, financiar, propor mecanismos de crédito bancário para nossa agricultura, medicina, formação de centros de terapias naturais e populares ou para elites selecionadas espirituais, quem sabe este artigo seja um motivo de súplica, um convite para uma retomada de novos caminhos de pesquisa e de experimentação científica, para que depois não nos arrependamos de termos perdido a maior parte de nossas heranças genéticas para o egoísmo e a manipulação de uma pequena comunidade de megaempresas, onde o clima, os solos, as plantas, serão devorados por pragas cada vez mais resistentes, onde nossa saúde se esvairá como o adubo que está sendo lavado pelas fortes chuvas, ou queimado pelas longas secas.

A AB então é um convite para a correta salvação de nosso futuro, de nossa vida natural e vitalidade planetária, que pode desta forma ser novamente religada aos planos superiores, sendo uma via mais transpessoal e cósmica de desenvolvimento espiritual e cultural de uma mais saudável e mais profunda humanidade.

A AB unida a Permacultura, no impulso de formar-se ecovilas e aldeias sociais mais auto-suficientes poderão expressar o sentido da nova era, em um renascimento pós-industrial e mais holístico.

Então o cerne da questão é a vitalidade, vitalização dos ecossistemas e não sua destruição e degradação. A direção espiritual quando colocada em sua prática no uso dos preparados biodinâmicos nos plantios atuais de cereais que conseguem serem muito mais saborosos e menos exigentes em adubos que os convencionais, e alcançam preços como no arroz cateto de U$ - 800.00 a ton para exportar, quando paga-se no Brasil algo como U$ 400.00 ou menos, então vamos colocar nosso país e economia ecológica longe deste risco Brasil, mas para isso necessitamos de uma nova cultura emergente sustentável e profundamente espiritualizada, que integre todas as novas concepções vitais e sustentáveis, com os milenares impulsos morais e espirituais.

Isto é possível, depende da vontade do âmago do coração de vocês, de um profundo discernimento para afastarmos o mal e a falsidade em nossa vida e atividade e que tenhamos a paciência de educar o caos ao nosso redor.

Saudações a todos

Mauro Schorr

Primavera, Setembro, SC, Brasil, 2001

 artigos
Mais Artigos   Associe-se