Danone e Sebrae/RJ lançam projeto para desenvolvimento rural e proteção hídrica

Projeto com investimento total de R$ 5,5 milhões permitirá aos agricultores uma transição para uma agricultura 100% livre de agrotóxicos até 2026

Na Reserva Biológica do Tinguá, localizada a 60 km ao norte do Rio de Janeiro, os habitantes estão abandonando lentamente a lavoura para encontrar um emprego nas cidades. Neste contexto, Livelihoods (fundo de investimento), Sebrae/RJ e Danone, que opera a fábrica de água mineral Bonafont em Tinguá, estão implementando o projeto Caruanas em uma área rural entre Nova Iguaçu e Duque de Caxias, que vincula a conservação da água com o desenvolvimento econômico para o uso sustentável da terra na região.

O projeto, com investimento total de R$ 5,5 milhões, permitirá aos agricultores em torno da bacia hidrográfica uma transição para uma agricultura 100% livre de agrotóxicos, até 2026. Uma oportunidade para criar o maior polo de produção orgânica do Rio de Janeiro, onde o Brasil tem uma demanda crescendo em cerca de 30% ao ano, informa o Sebrae.

Os produtores receberão um kit de iniciação agroecológica, de uma metodologia aplicada pelo Sebrae/RJ. O kit consiste em um material para produção agrícola em formato de mandala, com um galinheiro no centro, hortaliças e árvores frutíferas ao redor, em uma área de pelo menos meio hectare. Em um modelo sustentável e eficiente, a irrigação é feita por sistema de gotejamento e alimentada por energia solar.

Além disso, os agricultores serão treinados durante 30 meses e irão aprender técnicas de produção e formas de conexão com o mercado. "Esse projeto será um real estímulo para os moradores de Tinguá. Ele demonstra como o setor privado e público podem cooperar e construir um futuro mais sustentável oferecendo perspectivas econômicas aos produtores para melhorar os territórios rurais nos quais as cidades se apoiam", informou o diretor de Desenvolvimento do Sebrae/RJ, Evandro Peçanha.

Fonte: Sebrae em 21-02-2018


Leia Mais:



SIGA NOS