Produtos biodegradáveis podem ser criados a partir de biomassa residual vegetal

Bioplástico criado por empresa foi produzido a partir de fécula de batata, amido de milho e celulose

A produção de energia renovável através de biomassa já uma realidade no mundo. Mas além da energia limpa, a biomassa residual, por exemplo, pode servir como base para a criação de inúmeros produtos biodegradáveis também.

Um exemplo é a iniciativa da empresa Biome Bioplásticos, a qual criou copos recicláveis a partir de materiais orgânicos como fécula de batata, amido de milho e também celulose. Os novos produtos desenvolvidos pela empresa utilizam um novo tipo de plástico produzido através de plantas e chamado de bioplástico.

Em entrevista à BBC, o chefe-executivo da empresa, Paul Mines, destacou que o novo produto criado é completamente biodegradável e que pode ser jogado tanto em lixeiras de reciclagem de papel quanto nas de lixo orgânico. Segundo ele é a primeira vez que o bioplástico está sendo transformado em copos e embalagens descartáveis completamente recicláveis e capazes de resistir a líquidos quentes.

Apesar de ainda não ser comercializado, o novo produto logo entrará para o mercado. "Não é viável se livrar por completo dos plásticos, mas é possível substituir alguns plásticos originados do petróleo por outros, derivados de plantas" ressaltou Mines.

De acordo com uma pesquisa do Centro de Pesquisa Tecnológica da Finlândia já existem estudos sendo desenvolvidos para o desenvolvimento de soluções mais sustentáveis e funcionais que o plástico convencional. Um exemplo é um material para asfaltamento de estrada feito de plástico reciclado. Segundo os especialistas a mistura de plástico substitui o betume de óleo, tradicionalmente usado na construção de vias e rodovias.


Fonte: Thayssen Carvalho para Biomassa BR

em 01-03-2018


Leia Mais:



SIGA NOS